Páginas

Mostrando postagens com marcador GOVERNO KIL 2018. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador GOVERNO KIL 2018. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Que possamos viver o natal todos os dias!


Gestores saem dos gabinetes e visitam bairros e comunidades carentes. "Papai Noel" teve como obstáculo muito lixo e entulhos nas  ruas e o povo insatisfeito com a ausência do governo.

Foto: face PMUP
Nessa segunda, 24, a equipe gestora resolveu sair dos gabinetes e visitaram os bairros palmarinos, trajados com gorros de papai noel, distribuíram  brindes e tiraram fotos com a população, sobretudo as mais carentes. Uma iniciativa louvável para um dia de governo, que poderia ser  multiplicada durante todo os dias de governo.

Durante o trajeto, o prefeito, os secretários e vereadores, puderam constatar a ausência do governo nos bairros e comunidades carentes,  o quanto a população está carente de políticas públicas, de acolhimento e de atenção básica.  Se o objetivo era sensibilizar a equipe gestora a se envolver com a comunidade, tomaram a decisão correta,  desde que entendam e coloquem esse gesto concreto como propósito diário de vida, pois no natal nasceu o menino Jesus, todavia ele cresceu e viveu entre nós, pregando o amor, a salvação e denunciando as injustiças.  

Portanto, está de parabéns a equipe gestora, esperamos que esse ato se multiplique durante todos os dias do governo que resta e façam um governo participativo e transparente. Que TODOS tenham enxergado o quanto a comunidade está carente de políticas públicas, mediante suas ausências. Que possam viver o natal todos os dias.


terça-feira, 15 de maio de 2018

O QUE PODEMOS TIRAR DAS JUSTIFICATIVAS O PREFEITO KIL NA CÂMARA DE UNIÃO DOS PALMARES

Por Paulo Sarmento
Texto e foto: Paulo Sarmento. 


Sei que a maioria das pessoas prefere não acompanhar de perto a vida política de nossa Cidade, mas como me importo bastante com os rumos de nosso Município, fui assistir de perto a sabatina.

Duas pessoas me chamaram atenção, uma foi o prefeito Kil que mostrou um grande jogo de cintura e a frieza de um verdadeiro psicopata. A outra pessoa foi o Vereador Ricardo Praxedes, pois, na minha opinião, foi o único que fez o papel de vereador fazendo perguntas pertinentes e mostrou bastante maturidade, se mantendo calmo, quando o prefeito tentou mudar de assunto o acusando de ter desviado recursos públicos.

Para mim, através das perguntas feitas pelo vereador Ricardo Praxedes, mesmo com o prefeito mudando de assunto e não esclarecendo nada, algumas coisas ficaram claras:

1 - o prefeito contratou uma empresa emergencialmente sem essa empresa ter capacidade para a prestação dos serviços. O prefeito tentou justificar dizendo que licitação é concorrência de preço e até ironizou o Vereador dizendo que ele tinha que se informar mais, mas parece que quem tem que estudar mais é o prefeito, pois em toda licitação se é verificado o preço e também a capacidade da empresa em prestar os serviços, então eu pergunto: como eles contratam uma empresa EMERGENCIALMENTE, se nem os carros para suprir a emergência eles tinham?

2 - após o fim do prazo emergencial a empresa continuou prestando os serviços e segundo ele a empresa não recebeu nada e que iriam entrar na justiça para cobrar. Para quem caiu na justificativa do prefeito que tentou ludibriar a população com sua resposta, eu explico: isso é fraude a licitação! Prestação de serviço sem licitação é fraude a licitação. O Prefeito tentou justificar, mas cabe a prefeitura fiscalizar e caberia a ela parar com as atividades da empresa e providenciar a licitação. Afinal a empresa para prestar os serviços, alguém da prefeitura tinha que dar a ordem. E agora vem com essa que a empresa prestou o serviço e vai cobrar na justiça. Pra cima de mim??? Alguém acreditou nisso???

3 - o prefeito para justificar a falta de carros da empresa contratada, disse que uma vez foi contratado para um emprego que precisava de carro e comprou o carro só no outro dia. Piada né?? É chamar o povo de idiota! Prefeito uma coisa é um emprego seu, outra coisa é dinheiro PÚBLICO. Numa emergencial é obrigatório a comprovação do menor preço e da capacidade da empresa para suportar a emergência do município. Fora que a empresa supostamente comprou mais de um milhão em carros no outro dia, o dono da empresa que vendeu nem lembrava disso e as assinaturas não possuíam reconhecimento de firma! Esquema puro.... fraude... roubo!!!

Quase que eu peço o microfone pra perguntar se o prefeito ta achando alguém com cara de idiota. Mas confesso, ele é frio e calculista e deve ter enganado muita gente com aquele discurso!

Depois de tanta mentira eu vou ali comer um espetinho de charque!
Texto e foto: Paulo Sarmento. 

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Após ouvir o vice prefeito, câmara de União ouvirá o prefeito Kil nessa segunda feira


Câmara deverá criar comissão especial, a fim de averiguar as denuncias  oferecidas por Z A.


Z A e Kil: Fim da união por conveniência
Após ouvir o vice prefeito Zé Alfredo, a câmara municipal de União dos Palmares deverá ceder direito de resposta ao prefeito Areski de Freitas nessa segunda feira, 14.


Sessão...
Na ultima sessão ordinária, Z A protocolou  e externou várias denúncias contra de supostas irregularidades do governo municipal. De forma clara e serena, Zé Alfredo fez uso da palavra, surpreendendo aos presentes, sobretudo aqueles que esperavam um discurso ofensivo e desequilibrado.

As denuncias...
Contratos irregulares de  máquinas fantasmas, aquisição de combustível, pagamento de um milhão e trezentos a Paulinho Som, foi o principal alvo das denuncias. Segundo Z A, o município dispõe 04 carro pipa, jamais vistos na cidade, além de máquinas que nunca rodaram e recebem 18 mil/mês cada. Disse que nunca recebeu um centavo pelos trabalhos de suas máquinas, esses eram gratuitos.

Reação dos vereadores...
Todos os vereadores presente, exceto Rafael Pedrosa, ouviram atentamente e prometeram apurar as denuncias oferecida pelo vice prefeito, lamentaram o fato, mas se for preciso criarão uma comissão especial para apurar as supostas irregularidades.

O prefeito Areski de Freitas, se antecipou e solicitou direito de resposta na câmara para a próxima sessão, dia 14, que contará com a presença do vice, mas no plenário apenas assistindo.

Em breve contaremos novas cenas dessa novela que não vale a pena ver de novo.





sexta-feira, 27 de abril de 2018

Novela que não vale a pena ver de novo: Prefeito e vice "racham" e trocam acusações em União dos Palmares

Fim de mais uma união por conveniência...

Prefeito e vice: Fim de mais uma união por conveniência...

Prefeito KIL: Fui alvo de varias acusações nos últimos dias por parte de alguns políticos de nossa cidade. Sei que a política é a arte de conciliar interesses. Muitas vezes, ou na maioria delas, os interesses não se conciliam. Quando acontece isso, as partes tomam seu rumo, e cada um procura seguir seu caminho.


Sempre achei que crescimento político deve acontecer sem a necessidade de agressões ou de denegrir a imagem de ninguém. Acusações sempre devem ser seguidas de provas. Tenho a consciência de que não cometi nada de errado.

O que fiz, foi abrir espaço e oportunidade para quem nunca aceitou eu está no cargo de Prefeito e, desde o início sempre agiu com inveja, procurando aparecer na ações positivas do governo, e crescer politicamente em cima das deficiências, sempre dizendo que se fosse ele, seria diferente.

Quero tranquilizar a população quanto aos meus atos. Estou a disposição de todos os órgãos fiscalizadores e coloco, como sempre coloquei, meus sigilos, ficais e bancários a disposição de quem quiser.

Nada ficará impune. Estou gravando e guardando todos os tipos de acusações, para no momento certo acionar a todos que levianamente tentam denegrir minha imagem e da minha família, em busca de holofote político por conta das próximas eleições.

Deus é testemunha. Estou firme no propósito de fazer de União dos Palmares, uma cidade melhor de se viver.

Um abraço forte !!!!
Prefeito KIL.


Resposta do vice prefeito José AlfredoBem , vamos aos fatos :

Sei q tudo acima falado pelo prefeito é direcionado a mim, tentarei fazer justiça respondendo a esta mensagem .

Povo palmarino. Talvez todos estejam se perguntando por que eu na condição de vice-prefeito estou questionando e denunciando a administração do prefeito de União dos palmares – AL, Areski Damara de Omena Freitas Junior, conhecido como prefeito Kil.
Inegável dizer que os escândalos, fizeram dele um autor e refém de grandes atos ilícitos. Um governo corroído de denúncias que assustam a partir de sua relação sem escrúpulos com fornecedores de bens e serviços, contratos irreais pagamentos ilegais, falta de critério com o dinheiro do cidadão que nos elegeu.

Eu José Alfredo Soares Lins Wanderley na condição de vice prefeito de União dos Palmares, afirmo que não faço parte desse governo corroído pelo ganho fácil, que trata o povo palmarino na vala comum, num total descaso com a administração pública, sem princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
A cidadania exige isso: Decisão, medidas austeras, determinação, planejamento, transparência com o uso do dinheiro público.
O processo está nas mãos da justiça . Confio na justiça dos homens e de DEUS.

Gente, o prefeito Kil de Freitas tentou chegar aos ouvidos de um punhado de seguidores nas redes sociais, que existe políticos querendo crucificá-lo com acusações infames e desprovidas de provas.

Nessa construção de imagem de um político honesto todos nós sabemos que ele vem sendo reprovado pela justiça desde 2010 quando o juiz Ygor Vieira de Figueredo o condenou de comandar uma 'turma' especializada em superfaturar a merenda escolar. Itens considerados importantes para a gurizada e que ele simplesmente achou que poderia botar o pacote de bolacha Maria, achocolatado e outros itens a exemplo do charque no valor que lhe rendesse um lucro de mais de 80% por quilo.

Agora, você kil vem fazendo doce de que a política é conciliação e quando não se concilia tudo é desfeito. Conciliação?

Arrumadinho, comigo não Kil de Freitas, o povo sabe com quem você faz isso na sua administração e os lucros são de outro mundo. Não vem fazer jogo duplo. Comigo isso não cola e, com a imensa maioria dos homens e das mulheres de bem de União dos Palmares e de sua gestão, penso, pois existe alguns deles que topam contigo fazer coisas que até Deus duvida.

Se por acaso você entender que o que falo a imprensa macula sua imagem, quanto ao comando daquela turma do charque, você continua e segue caladinho. Nos dias atuais prefeito Kil de Freitas, nota-se que contra fatos não há argumentos. São pífios os seus.

Não desejo desqualificar ninguém, mas apontar para a Justiça que já está em seu encalço há bastante tempo, essa colaboração eu darei sim. Por que isso se chama: cidadania. Princípios éticos e morais.

Noutro ponto, você diz ter dado espaço na política para muitos. Nunca Reconheceu a importância do meu grupo político que foi lesado por você antes, durante e depois da escolha do povo pelo seu nome.

Inveja, esse sentimento não me move. Nunca tive inveja de vc. Não confunda querer trilhar pelo caminho da honestidade com quem despreza ela na função.

O senhor virou uma figura tóxica para União dos Palmares. Um anjo do mal. Pare com esse jogo de palavras de disponibilizar seus sigilos fiscais e bancários, pois no seu pomar tem muitas laranjas e eu irei provar tudo isso com ajuda do Gecoc e do Ministério Público .

Grave, faça montagem grosseira no que eu publico, insista que são levianas as denuncias do escândalo do charque como fez o promotor de Justiça do caso e que tudo isso denegri sua imagem, que alias o senhor nunca teve o cuidado de cuidar , zelar , a exemplo da imensa maioria da população de nossa cidade que vê o senhor pelas costas e as pesquisas revelam isso pois são mais de 90% dos entrevistados.

Tenho projeto político sim, mas sem a intenção de me locupletar, promover o nepotismo ou fazer negócios escusos com quem já foi para a tranca por fechar contratos milionários com locação de veículos e tantos outros 'negócios que são fechados na prefeitura que foi transformada num balcão de toma lá da cá, de grandes negócios.

Alias não é por ai o caminho de se fazer União dos Palmares numa cidade melhor de se viver agindo dessa natureza. A sua União dos Palmares está sendo construída para poucos e muitos de sua parentela. Inclusive é do conhecimento de todos a sua condenação na 2ª (segunda) instância continuarei de olho viu. Pois sua hora é chegada!

Com humildade, Zé Alfredo - vice prefeito


segunda-feira, 23 de abril de 2018

Agora sou "oposição"


Agora sou "oposição"


Mais uma chapa se  desfaz pós eleição em União dos Palmares

Essa semana José Alfredo, vice prefeito de União dos Palmares, após anunciar pré candidatura a deputado estadual, indo de encontro aos interesses do prefeito Kil, que tem pacto  com PD,  informou: "Agora sou oposição", ou seja, não fará mais "vistas grossas" para os supostos erros do prefeito. 

A União entre ZA e KIL, na verdade, nunca passou segurança para o eleitorado, sobretudo para aqueles que outrora deram sustentação ao grupo,  foi mais um "ajuntamento" de conveniência. Aqueles que não acataram as decisões do do governo ficaram de fora e  foram taxados de opositores recalcados, a exemplo do líder comunitário Luiz do Robertão que foi processado e condenado, por cobrar melhorias nas políticas públicas no município.

Agora sou "oposição", até quando? Esse modelo de política não deveria caber mais em União dos Palmares,  não precisamos de bancadas de oposição nem  governistas, mas de cidadãos cristãos que defendam os interesses da população. Não se admite, por exemplo, um parlamentar, que foi eleito para defender os interesses da comunidade, entrar mudo e sair calado em uma sessão ordinária, diante de tantos problemas que temos no município, chamo isso de covardia.  

Contudo,  essa história de se rebelar após perder regalias, não me convence mais, o certo será certo sempre e o errado da mesma forma, temos que ter a capacidade de discernir, nos afastar do mal e fazer o correto, pois muito além da justiça lenta dos homens, está a justiça de Deus.

Portanto, sejamos homens honestos, justos e do bem, SEMPRE.
Pense nisso.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Prefeitura de União dos Palmares realiza mutirão de limpeza em regiões da cidade



No município de União dos Palmares, a Prefeitura, através da Secretaria de Infraestrutura, iniciou uma mobilização para manutenção da higiene dos bairros e regiões que fazem parte da cidade. Nessa última semana, o local contemplado foi o povoado quilombola Muquém, que teve conclusão nesse domingo (18/03). Já é a segunda comunidade que é beneficiada pela ação, que é antecedida pelo distrito Rocha Cavalcante.

As equipes envolvidas realizaram a limpeza com a retirada de lixos e entulhos, serviços de pintura e meio fio, varrição e capinagem. O prefeito Areski Freitas (Kil) garante que a ação chegará em outros locais de União muito em breve. “É um trabalho muito importante, pois além de cuidar da beleza e higiene da cidade, ainda é essencial para o bem estar da população e manutenção da saúde pública. Vamos levar nossas equipes para outras localidades, foi apenas o começo”, explica Kil.


Tudo certo! Contudo essa ação não deveria ser pontual, mas contínua. Todos os bairros deveriam receber esses serviços, sobretudo os que mais  precisam: Newton, Nova Esperança, Conceição Lyra [...].
 Fonte: secom

terça-feira, 13 de março de 2018

"Livre e espontânea pressão": Prefeitura tem 18 dias para desativar o lixão em União


O prazo outrora prorrogado, encerra-se em abril, o não cumprimento do mesmo implicará em multa diária para o município.  


Foto: Secom


União dos Palmares possui uma grande equipe de profissionais que se dedicam à educação ambiental. O município é um dos poucos que mantém em  funcionamento uma Sala Verde, com dedicação exclusiva as  políticas do meio ambiente, a mesma foi implantada  na primeira gestão do governo de Kil de Freitas.  Contudo, os ambientalistas não têm recebido a valorização, nem o apoio necessário para a efetivação dos projetos. Um dos fatores que contribui para não efetivação dos mesmos são as constantes mudanças do quadro pessoal, pois mesmos capacitados, só tem a valorização dos gestores, caso  tenha votado no grupo. Triste realidade.

Pois bem, o prefeito tem até abril para desativar o lixão e respeitar o acordo firmado com o ministério público. O lixo deverá ser levado para o aterro sanitário em Pilar - AL, União sediará o transbordo de resíduo sólido, que atenderá aos municípios consociados do vale do mundaú.

União dos Palmares terá um custo mensal de 90 mil reais para transferir até  a cidade de Pila, 35 mil toneladas de lixo diária.  O grande problema do município, é que não se preparou para esse serviço, pois o transbordo deverá ser de apenas lixos recicláveis, todavia os munícipes não foram educados para fazer a coleta seletiva, e as caçambas coletoras ainda levam juntos os entulhos e restos de construções.

O prefeito Kil, após sentir a necessidade urgente de atender ao Termo de Ajuste de Conduta - TAC no MP, convidou Cidinha, outrora "esculachada da sala verde" para reassumir o cargo, contudo a mesma não aceitou, pois está assumindo a  gestão da Escola Rocha Cavalcanti. Uma perca enorme para o governo, pois todos os projetos sustentáveis teve sua participação da especialista em  gestão ambiental.

Portanto, o governo Kil tem muito o que fazer par dá conta das políticas públicas, sobretudo as do meio ambiente, todavia se continuar governando com o modelo de política do atraso, com picuinhas, perseguições e a não valorização dos profissionais, o município não chegará a lugar nenhum. Infelizmente o governo não se atentou ainda para o fato de que é prefeito de todos e que tem que governar para todos.

Professor Nivaldo Marinho. Com

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Prefeito não cumpre prazos, vereadores não aprovam orçamento e câmara tem pauta "trancada"


População poderá ser prejudicada devido a não aprovação do orçamento





Nessa segunda feira, 26, os vereadores de União compareceram a sessão da câmara para "dialogar", pois devido a não aprovação do Lei Orçamentária Anual -LOA, que deveria ser aprovada em dezembro, a pauta está "trancada", ou seja, nenhum outro projeto ou requerimento pode ser apreciado pelo parlamentares enquanto não aprovar o orçamento desse ano.

É uma prática do Poder Executivo formar suas bancadas na câmara para garantir a "governabilidade", contudo a certeza da impunidade e da aprovações das matérias oriundas do governo, tem levado ao relaxamento de ambos os poderes. O prefeito não envia os projetos nos prazos estabelecidos em lei, e a câmara através da mesa diretora aceita, configurando a falta de respeito e omissão de ambos os poderes.

A Lei Orçamentária Anual -LOA, chegou com 90 dias de atraso na câmara, deveria ser aprovada em dezembro, contudo ainda se encontra nas comissões, nenhuma audiência pública foi realizada para ouvir a população. A previsão é que seja aprovada no final de março. A população mais uma vez deverá ser  prejudicada, pois além de ficar alheia as receitas e despesas do município, não participa das discussões, ou seja, não é ouvida em processo democrático.

Alguns vereadores da "oposição e independentes" dizem ter provocado o Ministério Público, mas não observamos êxito nesse sentido, o prefeito faz o que quer. Portanto, enquanto o Poder Legislativo acatar aos desmandos do governo sem se impor, poderá perder a razão de existir.

Como dizia a oposição, é lamentávellll.

Professor Nivaldo Marinho .Com
#SemMaquiagem


domingo, 18 de fevereiro de 2018

Prefeito Kil deveria promover o Bloco da União, mas prefere financiar bloco partidário


O bloco do jacaré faz menção ao grupo partidário do prefeito, PMDB – 15. Além de ser uma promoção particular, só provoca a discórdia entre grupos, a prefeitura deveria priorizar a paz e a harmonia.

União dos Palmares passa por momentos de dificuldades financeiras e administrativa, o prefeito Areski de Freitas, até agora não conseguiu estabilizar as finanças do munícipio, nem promover a harmonia entre os munícipes. A comunidade sabe da “crise” todavia desconhece as receitas e despesas do município, não existe transparência.

O prefeito Kil, sabiamente preferiu não financiar o carnaval a fim de quitar os débitos trabalhistas dos funcionários, contudo não percebemos a firmação desse acordo. Os funcionários continuam sem receber e ainda por cima está financiando um bloco político e partidário, bloco do jacaré.

União precisa de paz e harmonia, esse tipo de evento só causa a discórdia, sem contar que é um bloco político partidário financiado pelo governo, algo alheio aos olhos do ministério público. Infelizmente o gestor nem quem o cerca não percebe do mau que está fazendo em dividir a população.

Precisamos fazer uma grande festa, mas a festa que una todas as famílias, de todos os seguimentos, sem priorizar jacaré -15, gato, cachorro, veado ou qualquer bicho que relacione grupo político partidário. É lamentável esse tipo de comportamento medíocre por parte de nossos gestores.