Páginas

Mostrando postagens com marcador Trasparência. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Trasparência. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 13 de abril de 2020

União dos Palmares recebe recursos destinados a construção de quadra de esporte e acesso a Serra da Barriga.


Valor da Última Liberação em março/2020: R$ 63.375,00 (quadra descoberta ) e R$ 390.000,00 ( Acesso a serra da barriga). São  438.750,00 destinado a construção de quadra e 1.950.000,00  para o acesso a sera dsa barriga; 







Portal da Transparência - Convênios - UNIÃO DOS PALMARES/AL - Liberação de Recursos

Qui, 09/04/2020 00:23
Olá Nivaldo José Vieira Marinho,
Você está recebendo esta mensagem porque se cadastrou no Portal da Transparência para receber informações sobre liberações de recursos dos convênios de um município específico. O objetivo da divulgação desses dados é ampliar a transparência pública e estimular a participação e o controle social.

Os convênios do município UNIÃO DOS PALMARES/AL que receberam liberações estão relacionados abaixo:

--------------------------------------------------------------------------------
Número Convênio: 28463/2016
Objeto: Construção de Quadra descoberta no município de União dos Palmares - AL.
Órgão Superior: Ministério da Cidadania
Convenente: MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES
Valor Total: 438.750,00                                                                                                                     
Data da Última Liberação: 26/03/2020
Valor da Última Liberação: 63.375,00
--------------------------------------------------------------------------------
Número Convênio: 20460/2014
Objeto: Pavimentação e Drenagem do Acesso a Serra da Barriga - 1a Etapa.
Órgão Superior: Ministério do Turismo
Convenente: MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES
Valor Total: 1.950.000,00
Data da Última Liberação: 24/03/2020
Valor da Última Liberação: 390.000,00

Segundo dados do portal da transparência, União dos Palmares continuam recebendo recursos federais, contudo, as maiorias das obras encontram paralisadas. Segundo o mesmo portal, o motivo é a falta de prestação de contas das obras realizadas.

Segundo o portal, “O objetivo da divulgação desses dados é ampliar a transparência pública e estimular a participação e o controle social”.
Qualquer pessoa pode acompanhar os dados e valores recebidos pelo seu município, basta apenas se cadastrar no site: transparencia.contato@cgu.gov.br

Faça o seu cadastro, acompanhe e cobre dos gestores a aplicação dos recursos destinados a nossa cidade.
FIQUE DE OLHO ACESSO

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Portal da Transparência: União recebe recursos para pavimentação de ruas

Detalhes do Convênio
Número do Convênio SIAFI:
801369 (Redireciona para o Portal Convênios – SICONV)
Situação:
Em Execução
Nº Original:
21553/2014
Objeto do Convênio:
Pavimentacao e Drenagem de Diversas Ruas do Municipio.
Orgão Superior:
MINISTERIO DAS CIDADES
Concedente:
CAIXA ECONOMICA FEDERAL - PROGRAMAS SOCIAIS
Convenente:
MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES
Valor Convênio:
1.976.600,00
Valor Liberado*:
392.204,88
Publicação:
24/09/2014
Início da Vigência:
15/09/2014
Fim da Vigência:
30/05/2019
Valor Contrapartida:
4.400,00
Data Última Liberação:
01/06/2018
Valor Última Liberação:
155.210,54



* Para saber cada uma das liberações, acesse a consulta – “Despesas Informações Mensais – Transferências de Recursos” - faça a consulta por exercício e selecione o Estado/Município desejado.


Relação de Documentos de Liberação
Selecione o(a) "Código do Documento" para obter o detalhamento do valor
Caso queira outra classificação, clique no título da coluna correspondente
11/11/2016
236.994,34
01/06/2018
155.210,54


segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Fim da linha para a propagandas enganosas de “governo do povo”

É hora de acabar com  as pirotecnias e desinchar a máquinas públicas para  acertar as contas do governo tendo em vista a Lei de responsabilidade fiscal




É fato que nenhum governo se compara a administração de José Praxedes, contudo após a desastrosa gestão de Beto Baia e companhia, o grupo de governo denominado do povo para o povo formado pelas famílias  Pedrosa e a reboque os Praxedes,  assumiram os comandos administrativos da prefeitura de União dos Palmares, com a promessa de fazer diferente, todavia o que vimos foi à troca de seis por meia dúzia, pois os vícios e maus costumes continuaram, mudando apenas de lado.

O governo que tinha tudo para fazer diferente e garantir a reeleição, fez tudo, ou quase tudo errado. Denunciou a existência de centenas de servidores fantasmas, mas nunca denominou os mesmos, subtendendo-se que mudou apenas de lado. A SEMED continuou sendo usada como cabide de emprego dirigida por quem nunca deu uma aula, mantendo a “escravidão moderna” na educação. É fato que tiveram os acertos, pois na teoria do nada deixada por Beto Baia, quem faz pouco é muito. 

O período de gestão do prefeito interino foi usado como pré-campanha, mas ao chegar o término  do processo eleitoral, tudo caiu com a indignação do povo nas urnas. Agora o governo mostra sua cara, estava claro que cabia tantos contratados na prefeitura, e agora como era esperado, o grande número de contratos eleitoreiros estão sendo reincididos. Os estudantes universitários perderam a ajuda de custo para estudar em Maceió, os servidores efetivos não têm a garantia de recebimento do mês de dezembro e décimo terceiro salário, as obras pararam e as prestações de contas da prefeitura continuam obscuras. Transparência zero. E o pior de tudo isso é ninguém fala nada, nenhum representa o governo dá satisfação a comunidade,  a secretaria de comunicação não funciona, ou melhor nunca funcionou, sempre foi usada como cala boca de imprensa, de forma lamentável.

Portanto, esperamos que a gestão tenha a sensibilidade de no mínimo dá uma respostas à sociedade e pelo menos uma vez faça as prestações de contas do governo, deixando claro o que encontrou o que fez e o que não conseguiu fazer, pois pelo contrário corre um sério risco de a exemplo de outros prefeitos sair do cargo pelas portas dos fundos.

Pense nisso. 


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Dinheiro que estava sob guarda da Justiça ainda tem destino ignorado

Em julho a prefeitura de União dos Palmares teve as contas bloqueadas por determinação do juiz Antonio Rafael Wanderley Casado da Silva.




A empresa de telefonia Telemar recorreu na justiça à arrecadação indevida do valor de R$ 1 milhão, 200 mil reais recolhido de Imposto Sobre Serviços (ISS) de forma indevida na gestão do ex-prefeito Zé Pedrosa e Areski de Freitas.

ENTENDA O CASO
Em 2007 a prefeitura impetrou uma ação de execução fiscal contra a Telemar, cobrando a importância de R$ 1,2 milhão referente ao não-recolhimento de Imposto Sobre Serviços (ISS) o qual o município julgava-se credor.

A Telemar garantiu a execução com uma carta de fiança bancária e embargou a execução. O Juiz da Comarca na época, atendendo ao pedido do município, determinou o levantamento da importância antes do julgamento em definitivo da ação e sem a prestação de qualquer garantia pelo município.

O valor levantado deveria ter sido contabilizado na conta da prefeitura. No entanto, o lançamento feito, no mês e no valor do alvará, até o momento não foi localizado.

Posteriormente, o Tribunal de Justiça reconheceu ser indevida a cobrança de ISS e determinou ao município a devolução da importância, resultando, agora, no bloqueio das contas para que o dinheiro seja devolvido. (Secom)

Passado três meses após o bloqueio das contas, até o momento a assessoria de imprensa do prefeito Beto Baia não se pronunciou sobre o caso. A população precisa saber qual o destino do dinheiro sacado. Alguém tem que responder pelo caso.

Com a palavra o Governo Baia.