Páginas

Mostrando postagens com marcador governo kil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador governo kil. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Trânsito de União ainda anda na contramão

Projeto inacabado do governo RENAN/KIL  deixa trânsito de União sem sinalização 
Quanto será concluído governador? Diga alguma coisa prefeito!

Trânsito de União: ainda na contramão

União dos Palmares recebeu um belíssimo banho de asfalto nas principais ruas da cidade, contudo apos a inauguração antecipada objetivando fazer palco para o governador Renan Filho, as máquinas sumiram de União, deixando o trânsito confuso com o projeto de sinalização inacabado. A informação que obtemos é que as máquinas estão acompanhando o governador em outros municípios e que deverá voltar esse ano para concluir os trabalhos.

É lamentável esse tipo de atitude, pois as ações do governo nunca chegaram em nosso município e  quando chegou, ficou pela metade. Um projeto tão importante como esse não pode ter um final triste com cara de eleitoreiro.
Alguém alerta o governador, talvez ele não tenha conhecimento dessa realidade.  

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Ex-prefeito KIL nega suposto apoio a Beto Baia

Ultima entrevista de KIL na Rádio Zumbi antes de deixar o governo


Amigos !!!! Fiquei sabendo que um radialista andou dizendo em uma determinada emissora que eu tinha dito que vou apoiar o Prefeito Beto Baia. Como não tenho acesso as emissoras locais (por questões políticas) só tenho esse canal para falar as coisas que penso.

Nunca falei em apoiar o atual gestor para uma candidatura a sua reeleição. Não votei no Governo atual e não concordo com a forma como vem governando nossa cidade. Sou oposição e torço para que as coisas mudem, afinal de contas moro aqui e gostaria, como todos que moram, ver nossa cidade prosperando.

O Prefeito atual ainda não disse para que veio, na verdade o município retrocedeu, desde a falta de atenção as coisas básicas, ai vem, médicos, dentistas, remédios, ambulâncias, iluminação pública, manutenção de calçamentos, pagamento a contratados, limpeza pública, passando pela inoperância dos programas culturais e sociais até a falta de gestão nos recursos que se encontram a disposição na Caixa Econômica desde o final do meu período como gestor.

Isso para falar no que estar de público e notório. Nada de pessoal tenho contra Beto Baia. Por morar aqui, gostaria que as coisas estivessem melhores. Fazer críticas e depois ir para beira da praia tomar cerveja e fazer caminhada é muito bom. Quero ver é ficar aqui o tempo todo, como eu e as pessoas que realmente precisam de um bom governo porque literalmente precisam dele funcionando bem. Um abraço forte em todos !!!!!
Fonte: https://www.facebook.com/areski.freitasjunior?fref=ts

Nota da redação: A Rádio Zumbi FM, que foi falorizada pelo governo Kil, nunca negou o direito de fala ao gestor, inclusive foi à emissora que lhe acolheu quando a rádio de Mano lhe fechou as portas para fazer a última fala como prefeito.

Portanto, se Areski de Freitas não fala porque não tem interesse de dialogar com a comunidade, pois se acostumou a ser bajulado pela imprensa financiada.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Tribunal de Justiça – AL mantém condenação de ex-prefeito Areski de Freitas por irregularidades na merenda (caso do charque)

Justiça dar provimento apenas ao apelo interposto por Orlando Sarmento Cardoso Filho

Foto JP Farias                   Ex- prefeito Areski de Freitas
Processo Julgado  -  Dia 26/02

"Na presença do advogado, Dr. Álvaro Tores, OAB 3062/AL, do Apelante, Orlando Sarmento, que realizou sustentação oral. O Procurador de Justiça, Dr. Dennis Calheiros ofereceu parecer oral em concordância com parecer do MPE já juntada nos autos. Decisão: à unanimidade de votos, após rejeitar as preliminares suscitadas, em CONHECER dos presentes recursos para, no mérito, por idêntica votação, DAR PROVIMENTO apenas ao apelo interposto por Orlando Sarmento Cardoso Filho, e NEGANDO PROVIMENTO aos recursos interpostos por Distribuidora Laguna Ltda., Edvaldo Dativo Medeiros, Luciano José da Rocha, Lúcio José Oliveira Bezerra e Areski Damara de Omena Freitas Júnior, nos termos do voto do relator" (Processo Nº 0001082-18.2010).


O caso:
Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), os acusados teriam forjado pesquisa de preços, com o também denunciado José Ednaldo Ferreira Pedroza – proprietário de uma empresa que prestava serviços de assessoria à comissão de licitação da Prefeitura – com a finalidade de simular a cotação de preços dos gêneros alimentícios a serem adquiridos.

Forjada a pesquisa, seguiram-se todos os trâmites da licitação. A empresa Laguna Distribuidora Ltda., venceu o certame com a proposta global no valor superior a R$ 2,6 milhões. O contrato foi celebrado em definitivo em junho de 2010. Foi constatado, a princípio pelo Ministério Público Estadual, o superfaturamento dos preços dos alimentos adquiridos. Foi observado ainda que a empresa concorrente havia apresentado preços bem inferiores em alguns itens e, no entanto, não saiu vencedor

Sentença proferida pelo Juiz Titular da 1ª Vara de Justiça de União dos Palmares
Na sentença o juiz Ygor Vieira pede a suspensão dos direitos políticos do prefeito Areski Freitas, sob o argumento de contratação irregular de empresa para fornecimento de gêneros alimentícios.

Também foram considerados culpados os réus: Lucio José Oliveira Bezerra, Luciano José da Rocha, Edvaldo Dativo Medeiros, Orlando Sarmento Cardoso Filho, José Ednaldo Ferreira Pedroza e a empresa Laguna Distribuidora. Todos os citados foram condenados com a perda da função pública e suspensão dos direitos políticos por cinco anos, além de restituir ao erário R$ 63.432,71.

Fonte: (aqui acontece.com publicado  em 18/07/2013 14:32)  

           Tribunal de Justiça -AL  http://www2.tjal.jus.br/




quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Ex-prefeito de União, Areski Freitas presta esclarecimentos em seu Facebook


Por Olívia de Cássia

Foto de arquivo Facebook
Em seu perfil no Facebook, o ex-prefeito de União dos Palmares, Areski de Freitas, o Kil (PTB), disse que alguns fatos precisam ser esclarecidos com relação ao pagamento do funcionário público do município de União dos Palmares.

Segundo Areski, todos os servidores contratados pela Prefeitura de União dos Palmares na sua gestão foram pagos de janeiro a dezembro de 2012, “excetuando-se os que foram demitidos ou exonerados que receberam até o mês que trabalharam”.

Com relação aos servidores efetivos, na Educação, segundo Kil, foram pagos os 13 salários e todos os salários de janeiro a novembro.

“Quanto ao salário de dezembro, ficou depositado cerca de R$ 800.000 para que com a complementação da União, geralmente depositada dia 5 de cada mês, fosse efetuado o pagamento de dezembro. Ressalta-se que depois do dia 5, já foi depositado também os recursos do dia 10/1”, explicou o ex-prefeito.

Areski de Freitas disse ainda em seu Facebook que nas demais secretarias foram pagos os 13 salários e todos os salários de janeiro a novembro. Quanto ao mês de dezembro, há mais de 15 anos é efetuado no dia 10 do mês subsequente.

“Seguramente, não sei precisar quanto ficou de saldo no dia 31 de dezembro dos recursos que chegaram no dia 28/12”, observou.

O ex-prefeito disse ainda que é  importante lembrar ainda que com relação a funcionários, “Deixei a Prefeitura enxuta, fui obrigado a demitir centenas de servidores que estavam trabalhando exatamente para, dando prioridade a salários, deixar os mesmo em dia”.

O ex-prefeito se defende dizendo falando sobre a crise porque passa os municípios brasileiros. “Estamos vivendo uma crise há mais de oito meses. A desoneração do IPI, redução do Fundeb, fechamento da Laginha e outros fatos, como por exemplo. a desaceleração da construção das casas,  que já está chegando ao final, me fez sacrificar vários setores da municipalidade para priorizar o pagamento de funcionários". 

Ele disse ainda que a simples mudança de 2012 para 2013 não acabou com a crise. “As contenções de despesas não podem parar até a estabilização financeira do município. Sei que no início do governo todos ficam eufóricos e querendo mostrar serviço ao eleitorado, mas é preciso nesse ano, trabalhar com o pé no chão”, observou.

(Postagem na íntegra no  endereço https://www.facebook.com/ARESKIDEFREITAS?fref=ts)
Fonte: http://oliviadecassia.blogspot.com.br/

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Prefeitura de União dos palmares renova selo UNICEF



O prefeito Areski Freitas (PTB) conquista mais um prêmio para União dos Palmares, o Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012. A premiação foi entregue nesta quinta-feira (27), no auditório da prefeitura municipal de União dos Palmares, estiveram presentes a representante do UNICEF no nordeste, Conceição Cardoso, a articuladora do UNICEF em União, Rose Mary Moraes e a representante do Conselho de Direito, Gorete Galvão.

A conquista do Selo UNICEF é fruto de políticas públicas e do esforço coletivo entre prefeitura, sociedade civil organizada, órgãos e instituições ligadas à justiça para assegurar melhoria na qualidade de vida a crianças e adolescentes.

Entre os 12 municípios que atingiram as metas, União dos Palmares obteve destaque na pontuação nos eixos de Impacto Social, Gestão das Políticas Públicas e Participação Social

União obteve destaque em políticas públicas desenvolvidas que contribuíram diretamente para a queda da mortalidade infantil, entre outras.

“É com orgulho que encerramos nosso governo com mais um prêmio, estamos felizes para nós como município e como gestor. Parabéns União!”, Areski Freitas, prefeito do município. 

 Fonte: Ascom/Redação/UP 

domingo, 23 de dezembro de 2012

Garis dão trégua à paralisação e recolhem o lixo do centro de União dos Palmares


O Prefeito Areski de freitas pagou um mês de hora extra referente a outubro




Após 24 horas de paralisação, os servidores da SEINFRA de União dos Palmares resolvem voltar às suas atividades. O prefeito Areski de Freitas pagou um mês de hora extra referente a outubro e prometeu pagar segunda feira (24) as horas de dezembro, quarta feira (26)  o mês de novembro e sexta feira (28) o mês de dezembro.

Os servidores informaram a redação do blog que caso o prefeito não cumpra com o prometido, voltam a paralisar os trabalhos na próxima terça feira.

Só parte das ruas foi limpa, é muito grande o volume de lixo na cidade. Esperamos que o prefeito Kil consiga honrar com seus compromissos e restabelecer a ordem do município, tarefa que não está nada fácil, muita sorte para o prefeito Kil.

  
   Professor Nivaldo Marinho. Com
 Opinião e Notícia, Sem Maquiagem!

sábado, 22 de dezembro de 2012

Servidores da SEINFRA paralisam suas atividades em União dos Palmares



Servidores da Secretaria de Infraestrutura de União dos Palmares estão com suas atividades paradas deste às 20h de ontem. Há 60 dias os salários e horas extras estão atrasados, sem perspectiva de recebimento. Até às 12h de hoje,  nem o prefeito Areski de Freitas, nem o secretário Ladovane Cabral, nem a diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais estiveram no local para entrar em entendimento com o grupo.

Os servidores prometem só voltar ao trabalho quando receberem seus vencimentos, enquanto isso, se a cidade estava suja, agora está muito mais. As máquinas e equipamentos de limpeza estão na secretaria, o comando de greve garante se manter no local, e nenhuma máquina saem de lá enquanto não houver um entendimento. 

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Gecoc recolhe documentos na Prefeitura de União dos Palmares


Investigação é sobre fraudes em licitação


A prefeitura de União dos Palmares é alvo, nesta sexta-feira (21), de uma operação desencadeada pelo Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), que cumpre mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

De acordo com informação do promotor Alfredo Gaspar, coordenador do Gecoc, a operação recolhe documentos que comprovariam fraudes em licitação, crimes cometidos pela gestão municipal.

As equipes do Gecoc chegaram à sede do Centro Administrativo Antônio Gomes de Barros por volta das 16 horas. Militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) dão suporte aos promotores. Eles buscam materiais no gabinete do prefeito Areski Freitas.

Ninguém da prefeitura estava no momento em que policiais e promotores chegaram. Uma reunião da equipe de transição estava acontecendo, mas foi suspensa para que a devassa na Prefeitura fosse feita.

É a quinta prefeitura, somente esta semana, a ser alvo de operação desencadeada pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Militar. Os promotores constataram uma série de irregularidades nos municípios alagoanos.

O promotor Alfredo Gaspar informou que a situação de União dos Palmares é “parecida” com os demais municípios já fiscalizados. As investigações na cidade da Zona da Mata começaram a ser feitas há dois meses.

Fonte: http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=330150&e=14


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

SERVIÇOS ESSENCIAIS SÃO PARALIZADOS EM UNIÃO DOS PALMARES

Bastidores da Câmara Municipal...





A sessão da Câmara Municipal de Vereadores de União dos Palmares de hoje foi marcada pelos repúdios ao final da administração do prefeito Areski de Freitas. Hoje o alvo das críticas foi a notícia da demissão dos motoristas de ambulâncias, agora está faltando médico e se for necessário deslocar o paciente para a capital, a situação se complica, pois não tem motorista nem combustível para as ambulâncias, repudiou o vereador Julio Paulino – PTB.

É um a vergonha o que estão acontecendo em União dos Palmares, serviços básicos e essenciais como saúde, educação e limpeza pública quase que não existem em nosso município. As ruas estão as escuras, a situação está tão caótica que o fornecimento de energia do prédio da prefeitura e de algumas escolas já chegou a ser cortado. Os poucos secretários que restam, trabalham como voluntários.

Nem o Prefeito nem os secretários  se pronunciam até o momento e a comunidade se encontra inerte com a ausência do governo.

Para o vereador Manoel Feliciano, “O prefeito matou a galinha ao descobrir que a mesma não está mais pondo ovos de ouro”. 


  Professor Nivaldo Marinho. Com
 Opinião e Notícia, Sem Maquiagem!


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

PREFEITO KIL DÁ 50% DE DESCONTO NO IPTU PARA PAGAMENTO ATÉ FINAL DE SEU MANDATO


Em 2011 o governo deu desconto de apenas 30% em pagamento de parcela única
Foto: Blog MFeliciano                Kil e prefeito eleito Beto Baia
Hoje a comunidade palmarina recebeu os boletos de pagamento referente ao IPTU 2012. A novidade é o desconto inédito atribuído pela prefeitura, “50%” para quem pagar a parcela única até o final de seu governo, dia 30 de dezembro.

O boleto não dá opção para pagamento parcelado a exemplo dos anos anteriores, para os donos dos imóveis é um grande negócio, pois tem a oportunidade de ganhar mais 20% de desconto além dos 30% já oferecido em anos anteriores, porém para os cofres públicos serão 20% a menos, isso implicará na receita de 2013. É um presente do prefeito Areski de Freitas  para os contribuintes e/ou para o próximo governo.
Aproveitem a promoção, é só até o dia 30.

  Professor Nivaldo Marinho. Com
 Opinião e Notícia “Sem Maquiagem”



domingo, 28 de outubro de 2012

PREFEITO KIL DEMITE CONTRATADOS


Collor e Kil em 2008 quando eram aliados

"A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), criada em 2000, é uma lei brasileira que tenta impor o controle dos gastos de estados e municípios. Tal medida foi justificada pelo costume, na política brasileira, de gestores promoverem obras de grande porte no final de seus mandatos, deixando a conta para seus sucessores".(Wikipédia). 
 


É fato que em período eleitoral os gestores contratam além do limite, visando tirar proveito das eleições, em União dos Palmares não foi diferente, porém com a derrota nas urnas do seu sucessor, o prefeito Areski de Freitas tem a necessidade de entregar a prefeitura com as contas em ordem, para isso tem que demitir os contratados em excessos e revisar as gratificações.  Como ninguém gosta de ser demitido, mesmo tendo o conhecimento de que isso poderia acontecer, é visível o clima de decepção dos que acreditavam na manutenção do governo que  ainda hoje não acredita na derrota sofrida nas urnas e na  resposta do povo ao nepotismo, assistencialismo e a ausência do governo.

KIL deixará o “poder” com as contas da prefeitura em ordem, mas com dívidas que não poderão ser pagas, como: a ausência da implantação da gestão democrática, a falta de incentivos aos estudantes universitários, a não realização do concurso público, o portal da transparência das contas públicas e a omissão frente aos problemas que exige vontade política como: o trânsito, feira livre, turismo,  entre outros. 

O prefeito Kil de Freitas tinha tudo para sair fortalecido desta gestão visando uma provável candidatura a uma vaga para deputado estadual, porém no cenário atual o mesmo corre um sério risco de sair “queimado” politicamente, a exemplo de ex-prefeitos que sob protesto tiveram que sair pelos fundos da prefeitura, tendo na frente seus carros virados. 

Desejamos sorte ao prefeito Areski de Freitas, que possa colocar as contas da prefeitura em ordem e que possa refletir que na democracia o poder emana do povo.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

OS BURACOS DA CIDADE...

Avenida Monsenhor Clovis
Há meses homens trabalham no centro de União dos Palmares, tirando e arrancando postes de um lugar para outro. A Avenida Monsenhor Clovis se transformou em um canteiro de obras, ou de buracos. A população em estado de relaxamento parece ter se acostumado com os buracos que encontram pelo caminho.
O governo que está no final de mandato, se encontra inerte, alheio aos problemas da cidade, a grande preocupação agora é com outros buracos que podem ficar na prefeitura, e esses não se tapam com entulhos. Segundo a lei de responsabilidade fiscal, o prefeito tem que entregar as contas da prefeitura em ordem, sob pena de enfrentar problemas futuros, responder processos e até devolver recursos para os cofres públicos, se bem que dificilmente isso ocorre, todavia, não deixa de ser uma grande preocupação para o prefeito Areski de Freitas.
Enquanto isso, a cidade vive um momento de transição de muitas expectativas acerca do próximo governo, vamos torcer para que tudo der certo, pois quem ganhará é o “povo”.
Agora o que resta é a comunidade tomar cuidado com as crateras que estão desde o centro à periferia da cidade, as obras deverão seguir a passos de tartarugas, ou melhor, de tatu, pois todo dia surge um novo buraco. As demissões, os cortes de salários já eram esperados, pois existe a necessidade de enxugar a folha, besta quem acreditou na maquiagem de emergência feita na cidade visando cambalear votos.
Portanto, precisamos ser vigilantes, pois uma corrente de ferro foi quebrada e se deixarmos outra mais forte poderá ser formada.
Sejamos vigilantes, para com os nossos representantes do poder legislativo e executivo, é hora mais do que nunca da “União por uma nova União, para que ela continue crescendo”.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

TRABALHADORES NÃO TÊM DIREITOS RESPEITADOS NA “TERRA DA LIBERDADE”

Servidores da SEINFRA trabalham sem nenhuma proteção, município não oferece Equipamento de Proteção Individual- EPI.
Recentimente a câmara de vereadores aprovou o requerimento do vereador Manoel Feliciano-PT que denuncia o município de União dos Palmares  ao Ministério do Trabalho mediante as condições de trabalho dos servidores públicos municipais, o governo não oferta nehum tipo de  Equipamentos de Proteção Individual-EPI.

Os trabalhadores da Secretaria de Infraestrutura são constantemente fragados trabalhando de chinelos, sem botas,  sem luvas e sem máscaras se expondo as condições de risco o tempo inteiro, e nenhuma providencia é tomada.

Mesmo após a denuncia, os trabalhadores continuam trabalhando desprotegidos. Adeildo sotero ainda enquanto secretário da SEINFRA, justificou a ausência dos equipamentos pela demora na licitação da compra dos mesmos, essa conversa  foi há  24 meses atrás quando se pensava em fazer concurso público.

Está claro que concurso público, licitação democrática, transporte estudantil e capacitação profissional não é prioridade no governo atual e que jamais teremos mudança, enquanto o governo encarar investimento em educação como gasto e despesas,  dessa forma o governo anda na contra mão do desenvolvimento.

As pessoas têm sido contratadas sem  critérios de avaliação, enriquecendo o assistencialismo, e aumentando  ainda mais a “escravidão na terra de Zumbi”. A qualidade do trabalho ou serviço prestado tem ficado em segundo plano, não existem respeito nem amor pelo funionário, o emprego é um favor e  as condições de trabalho são detalhes alheios a fiscalização cega da delegacia do trabalho e  a falta de sensibilidade  de quem administra o município.
É meu povo, a liberdade nasceu, mas não se criou em nosso município.
Acorda meu povo, Acorda União!
Artigos relacionados: Vereador denuncia o governo Kil de Freitas no Ministério do trabalho

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

TRATAMENTO DE ESGOTO SERÁ UM DESAFIO PARA O PRÓXIMO GESTOR



Conjunto Padre Donald

Esgoto, efluente ou águas servidas são todos os resíduos líquidos provenientes de indústrias e domicílios e que necessitam de tratamento adequado para que sejam removidas as impurezas e assim possam ser devolvidos à natureza sem causar danos ambientais e à saúde humana (Caroline Farias).
Saneamento básico é uma necessidade é exigência mundial, o tema tem sido tratado em todos os páctos ambientais do planeta.

Em União dos Palmares não existe tratamento de esgoto, os tubos onde são depositados os dejetos industriais e residenciais são ligados as redes pluviais fluindo em seguida para o riacho Canabrava e Rio Mundaú. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto-SAAE que deveria prestar esse serviço, não o faz, pois seria necessário adicionar uma tarifa referente a este serviço, o governo teme pela rejeição.

O governo municipal não foi capaz de sensibilizar a comunidade para essa necessidade, dessa forma tem empurrado o problema com a barriga e passa a responsabilidade para o próximo prefeito, enquanto isso os esgotos continuam são despejados e sendo o principal poluente de nossos rios.

Até o momento nenhum candidato a prefeito se propôs a resolver esse problema, preferem fazer de conta que não conhecem o problema, o governo federal tem investido pesado nesse setor, porém o município tem parado no tempo no quesito saneamento e resíduo sólido. As ações só acontecem quando são impostas via ministério público, foi assim com o lixão, concurso, contratos e outros.

Esperamos que o próximo prefeito tenha sensibilidade e conhecimento de  causa para resolver esse problema ambiental de nosso município.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

BAIRRO ROBERTÃO RECEBE “OPERAÇÃO MEIO FIO” FALTA AGORA, SANEAMENTO, PAVIMENTAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA...




A cidade está toda esburacada, é visível a falta de manutenção e de obras inacabadas sem perspectivas de conclusão

 É fato que em ano eleitoral todo governo acelera as obras  tendo em vista mostrar que está trabalhando para impressionar o eleitor. Em União dos Palmares o governo tem tentado avançar nesse sentido, mas não tem conseguido êxito.

A cidade está toda esburacada, é visível a falta de manutenção e de obras inacabadas sem perspectivas de conclusão. A SEINFRA tenta fazer tudo ao mesmo tempo, mas não consegue dar conta, falta mão de obra qualificada, além de metas e planejamento. O fato do governo não ter conseguido avançar nos primeiros anos de gestão o faz impulsionar sua equipe buscando a todo custo mostrar serviço no final do mandato, talvez seja essa a idéia, porém o povo não tem absorvido essa proposta, as obras são vistas como eleitoreira, se verdade ou não, o importante é que elas possam serem concluídas de modo que atenda os anseios da comunidade.

O Bairro Roberto Correia de Araujo apresenta a maior densidade de votos do município, “o Robertão do meu coração” que agora é amado por todos, passou décadas  sem receber uma pá de cimento, faltando pouca mais de um mês para as eleições  todas as atenções estão voltadas para ele,  todas as  ruas foram escavacadas para receber a operação meio fio. 

As ruas estão marcadas com pedras de meio fio, falta  o saneamento, a pavimentação, a limpeza, a saúde, a segurança...  Falta credibilidade de quem esqueceu por décadas seu povo humilde.
Não dar mais para acreditarmos em promessas vazias e utópicas, queremos ações, e  projetos que emancipe nosso povo.
Acorda meu povo, acorda Robertão do meu coração! Acorda União!