Páginas

Mostrando postagens com marcador Rádios. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Rádios. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Sem resposta: Quem explodiu a Rádio Farol FM?

Após oito anos  do ocorrido, a Polícia Federal não apontou os responsáveis nem concluiu se foi  atentado ou pirotecnia.


Imagem de câmaras de monitoramento do centro da cidade

Atentado ou Pirotecnia?
Oito anos se passaram, no entanto até hoje a comunidade palmarina não tem conhecimento de quem foi o responsável pela explosão do estúdio da Rádio Farol FM. A ação  pode ter influenciado de forma indireta no resultado das eleições para prefeito em União dos Palmares em 2012.

O Fato
Na madrugada de quinta-feira 03 de setembro de 2012, dois homens explodiram parte do prédio onde fica instalada a Rádio Farol FM, pertencente ao deputado federal João Caldas (PEN), no município de União dos Palmares, deixando os equipamentos totalmente destruídos. A rádio fazia oposição à Prefeitura e havia divulgado áudios que revelava diálogos entre o ex-governador Manoel Gomes de Barros e o ex-prefeito Areski Freitas.

Você acredita que esse fato foi um ato político? 


Com a resposta a Polícia Federal com o apoio e empenho do deputado JHC. 

segunda-feira, 6 de maio de 2013

RADIALISMO 2011 CULTURA VIVA UNIÃO DOS PALMARES – AL”

Em junho União dos Palmares terá a primeira turma de formandos em Rádio e TV.




Trabalho de conclusão do módulo Técnica de Produção em TV. “RADIALISMO 2011 CULTURA VIVA UNIÃO DOS PALMARES – AL”

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

JUIZ ELEITORAL CELEBRA A PAZ DA "GUERRA DAS ANTENAS" Ag 45,0 FM e FAROL 55,0 FM


Locutores das duas rádios assinaram termo de ajuste de conduta - TAC no fórum da justiça eleitoral

Nessa quinta feira (23) Dr. Ygor Vieira, juiz da 21º zona eleitoral se reuniu com os locutores das Rádios AG e Farol FM, o motivo da reunião foi de socializar as regras de conduta no rádio durante a campanha eleitoral, a Rádio Zumbi não esteve presente devido já ter participado da primeira reunião onde no momento faltaram as duas emissoras citadas.

É fato que as duas empresas  pertencem a grupos políticos envolvido diretamente no pleito eleitoral. Segundo as orientações da justiça eleitoral, os locutores não podem tomar partido no rádio, as informações têm que serem dadas de forma igual para os  candidatos, não pode haver campanha fora do horário eleitoral. 

Como cada âncora tem seus candidatos, no calor da emoção às vezes exageram em suas falas, isso é natural em todos os programas, porém  Dr. Ygor foi bem claro “Sou linha dura, não tolero erro de ninguém, na hora de julgar esqueço amizades”.

Na eleição de 2010, as duas rádios foram fechadas por 24h, exatamente por não respeitar as normas da justiça eleitoral. Esse ano caso o fato se repita, o juiz não pretende  fechar as rádios, mas punir os radialistas responsáveis pelo programa.

A medida já surtiu efeito, hoje pela manhã os programas das emissoras ocorreram de forma calma e pacata, pelo jeito a paz foi selada.