Páginas

Mostrando postagens com marcador loteamentos clandestinos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador loteamentos clandestinos. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Ocupações irregulares se multiplicam em União dos Palmares

Lava jatos usam água tratada  do SAAE


Ligações de água para lava jato: um crime ambiental

Novos barracos estão sendo construído 

barracos são vendidos em média por dois mil reias

Favela criada no centro da cidade

Após a liberação da construção de um barraco ao lado da prefeitura na gestão de Kil para um membro do poder legislativo, as ocupações irregulares em União se multiplicaram. A sensação que temos é que não existem leis no município, virou uma anarquia, o sentimento de tudo pode tomou conta dos munícipes.

A câmara municipal perdeu o poder de fiscalização quando permitiu que um de seus pares fosse beneficiado com um barraco ao lado do poder executivo, abrindo precedentes para que outras pessoas  façam o mesmo.

As leis aprovadas na câmara servem apenas para serem arquivadas nos bancos dedados, a exemplo da lei que regulamente o horário do carrego e descarrego no centro da cidade, tempo na fila dos bancos, banheiros para clientes, cores dos prédios públicos, além do plano diretor do município, que é desconhecido por nossos representantes. 
Como diz a moçada do rádio: É LAMENTÁVELLLLLLLL, no entanto, cabe ao município mover uma ação no MP para acabar com essa anarquia.


segunda-feira, 1 de abril de 2013

Construção Imoral, agora é legal.


Direitos iguais: Barraco do vereador abriu precedente para comunidade invadir espaços públicos






Após a liberação da construção do barraco do vereador Biu Crente Presidente do Poder Legislativo de União dos Palmares, as invasões de espaços públicos se multiplicaram no  município. O preocupante é que os vereadores não podem questionar, pois o mau exemplo começou em casa, o que antes da eleição era imoral, agora é legal. “Ninguém está vendo nada”.


Como a constituição atribui direitos iguais para todos, a população se ver no direito de também invadir ou conquistar o seu espaço. “Se os vereadores podem, porque eu não posso?”, questionou seu José.


Com a palavra os "Poderes" de União dos Palmares.


quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

sábado, 5 de janeiro de 2013

Pode até ser legal, mas é no mínimo imoral!


Quem ousará em questionar a barraca do presidente do Poder Legislativo? 



Antes de terminar o mandato do prefeito Areski d Freitas, várias barracas sugiram em espaços públicos em União dos Palmares, dentre elas a localizada ao lado da prefeitura, cedida a família do vereador Biu Crente.

O ex-prefeito Kil falou no Programa Mesa Z da Rádio Zumbi FM que não lembra a quem doou em regime de comodato, seu Biu foi uma coincidência. Se a doação foi legal, foi no mínimo ilegal, principalmente por se tratar de um vereador que deveria fiscalizar e proibir esses tipos de atitudes do Poder Executivo. Antes de serem empossados, vereadores e secretários de governo repudiaram a ação e cobraram a retirada dos barracos por não ter a aprovação do Poder Legislativo.

Mudança de opinião
O resultado da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal poderá mudar as opiniões dos Parlamentares e dos secretários de governo, pois Biu Crente o responsável pela construção co barraco agora é presidente do Poder Legislativo. Quem vai ousar de ir de encontro ao presidente? Qual o vereador que vai assinar o requerimento solicitando do Poder executivo a retirada do barrado?

Janeiro chegou, aguardamos os posicionamentos dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. 

  Professor Nivaldo Marinho. Com
 Opinião e Notícia, Sem Maquiagem!


quinta-feira, 15 de novembro de 2012

CONSTRUÇÕES IRREGULARES MULTIPLICAM-SE EM UNIÃO DOS PALMARES

Governo não fiscaliza, ao contrário apóia as obras de seus aliados políticos

Barracos em construção na calçada da Escola Estadual Carlos Gomes
Populares invadem calçadas de prédios públicos de união dos Palmares. A entrada da cidade mais parece uma favela, quem entra dar de cara com barracos em formatos desordenados, tirando toda estética da cidade. Cada dia surgem novos barracos, estes são construídos de forma irregulares, com intuito de gerar renda com a negociação dos mesmos.  A calçada da Escola Estadual Carlos Gomes está tomada, os mesmos têm a venda de bebidas alcoólicas como ramo principal da atividade.

Aproximadamente três mil alunos da escola, além de toda comunidade do bairro Roberto Correia de Araujo, disputam as calçadas com os clientes que muitas vezes embriagados não respeitam os alunos daquela instituição. “É um absurdo o que estão fazendo com nossa cidade, o prefeito perdeu o controle de tudo” desabafa seu Cícero, morador do bairro.  

O que tem chamado à atenção da população, é que o governo que deveria fiscalizar e proibir as obras irregulares, pelo contrário tem dado apoio aos proprietários por fazer parte do grupo governista, é de fato um absurdo.

A direção da escola não se pronunciou e a Coordenadora da 7ª CRE Rosário de Lurdes passou a bola para o governo municipal que nada fará, pois se omitiu durante todo o mandato, não é agora que vai mudar.

Resta agora a comunidade do bairro, juntamente com os alunos entrarem com uma ação no Ministério Público, caso contrário todas as vias públicas serão tomadas.
Fato semelhante ocorre na feira do troca no centro da cidade, cerca de oito barracos já foram construídos e outros estão em construção, é o retrato da ausência do governo. 

domingo, 10 de junho de 2012

SEM FISCALIZAÇÃO, AUMENTA O NÚMERO DE LOTEAMENTOS IRREGULARES E CLANDESTINOS EM UNIÃO DOS PALMARES



Loteamento clandestino é aquele que não obtiveram nenhuma aprovação por parte do Poder Público municipal. Já o loteamento irregular, é aquele em que o loteador obtém a aprovação do projeto de loteamento pelos órgãos competentes do Município, efetua o registro do loteamento no Cartório de Registro de Imóveis, mas não executa as obras de infra-estrutura necessárias que constavam do projeto aprovado, tais como: vias públicas de circulação, espaços livres de uso público, água tratada, saneamento básico entre outros.

Em União dos Palmares tem se expandindo o número desses loteamentos, na Fazenda Frios a cada dia surge um novo loteamento, sem registro em cartórios, o loteador oferece facilidades de pagamentos, prometem toda estrutura e depois deixa o problema para o Governo Municipal. Por ser um problema de ordem política, o governo se omite, não se expõe a situações que exige pulso e posicionamento contrário a grupos aliados, pois corre o risco de ofender e/ou perder votos e apoio político. Esse é um dos milhares de problemas ou desafio para quem almeja ao cargo de prefeito do município. 

É necessário que o governo municipal assuma de vez o seu papel e faça valer o plano diretor do município.  Entendemos que a cidade tem que crescer, mas de forma planejada e organizada. Faz-se necessário também a atuação do Ministério Público frente a essas ações que tem favorecido uma minoria e prejudicado  comunidade, principalmente a comunidade desprovida de conhecimento que tem caído nas promessas desses loteadores.
Planta do Loteamento