Páginas

sábado, 27 de agosto de 2016

Garantia de emprego ou omissão? Candidato promete feira livre de domingo a domingo em União

Gestores não se preocupam com a população, mas com os votos dos feirantes. A desorganização da feira é a cara da administração. Prefeito interino promete feira livre de domingo a domingo



A incapacidade dos gestores em fomentar politicas de geração de empregos em nosso município é de assustar. Após o prefeito Beto Baia negociar o débito do município e tira-lo definitivamente do CAUC, União recebeu mais de sessenta milhões de investimentos do governo Federal, contudo as ingerências dos gestores não permitiram que esses recursos fossem aplicados, a maioria foi devolvido por falta de uso e de competência administrativa.

Os gestores parecem não ter noção do que é gestão participativa, não existem dialogo com a comunidade, os comerciantes não sabe quem é nem que existe secretário da indústria e comercio e quando o assunto é cultura e turismo, aí o bicho pega.

A feira livre em União é vista como uma válvula de escape para o comercio e para reeleição. Os gestores, com exceção de Afrânio Vegete se mostram totalmente omissos ou covardes nesse sentido. A desorganização é total e o medo de perder o voto da categoria faz agente ouvir falas como essa feita pelo prefeito interino Pedrosa hoje no horário eleitoral “SE EU CONTINUAR PREFEITO A FEIRA VAI SER DE DOMINGO A DOMINGO”.  Em nem um momento falou da intenção de organizar horário, limpeza, espaço, incentivo ao feirante, a única preocupação foi com o voto.

Portanto, é preciso que nossos candidatos apontem propostas sem pirotecnias para incentivar o crescimento da indústria e comercio local.  É preciso sair da zona de conforto e de omissão e pensar na comunidade como toda que faz uso da feira e do comercio local. Esperávamos mais propostas e menos ataques. 

Nenhum comentário: