Páginas

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Lixão: Um entulho mal resolvido em União dos Palmares

Governo Interino promete resolver tudo, mas até o momento não resolveu nada.


Foto: Antonio Aragão


Há décadas o lixo tem sido um problema mal resolvido em União dos Palmares, até então os gestores palmarinos não tiveram a capacidade administrativa e política para resolver. Sobram promessa e pirotecnias e falta ação.

Na gestão do prefeito Kil de Freitas foi feito um Termo de Ajuste de conduta com o Ministério Público a fim de o problema, todavia a proposta do aterro sanitário por meio de consócio entre os municípios vizinhos nunca saiu do papel, Kil não resolveu, Beto Baia, não deu valor e Eduardo prometeu resolver, mas só foi mais uma pirotecnia, o problema tem se agravado a cada dia.

 Há sessenta dias o governo interino através do então secretário Paulo César prometeu transferir o problema do centro da cidade para a zona rural, estipulou data, hora e local, contudo não passou de mais uma pirotecnia, falsa promessa eleitoreira, o lixão está tomando conta de toda a camaratuba – bairros frios.

Estudos apontam que o chorume já contaminou o lençol da região, assim como o riacho cana brava, que está morrendo por falta de cuidados, hoje é utilizado como descarte de dejetos sanitários – esgotos. Os núcleos ambientais do município tem se esforçado em resolver esse problema, contudo seus esforços tem se esbarrado na inoperância do governo.

Portanto, está na hora do governo acabar com as pirotecnias e buscar resolver definitivamente o problema dos resíduos sólido na terra da liberdade, é preciso dá uma resposta à sociedade, não se admite um município com tantos problemas e termos um  governo mudo e surdo que não dá satisfação a comunidade.

Como dizia a oposição, é lamentável!

Nenhum comentário: