Páginas

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Palavrinhas mágicas movidas pelo amor e pela educação


Bom dia, boa tarde ou boa noite!
A correria do dia a dia, a falta de paciência, as prioridades traçadas na vida, são fatores que podem está contribuindo para a falta de educação e de sensibilidade da sociedade, as transformações são visíveis, os valores aprendidos no berço da família, tem se  deixado de lado. São poucas as pessoas que dão um bom dia, com licença, por favor ou obrigado. Eu aprendi que para passar entre duas pessoas tínhamos que pedir licença e agradecer. 

A inversão de valores tem dominado muita gente. Ser delicado, sensível ou educado é motivo de chacota no mundo onde a grosseria e a falta de educação predomina. Todavia não podemos deixar de lado nem perder a cultura dos bons costumes, da educação familiar.

Portanto, bom dia, boa tarde ou boa noite! Obrigado pela leitura, não vamos permitir que a boa prática da educação seja esquecida ou transformada em grosseria. 
Abraço, Professor Nivaldo Marinho.


Nenhum comentário: