Páginas

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Professores de União continuam sem reajuste salarial

SEM ACORDO E SEM TRANSPARÊNCIA: Secretário de Educação Bruno Praxedes omite folha de pagamento e não corrige salário de professor

Secretário de Educação - Bruno Praxedes
A categoria dos professores de União dos Palmares tem sido desprestigiada na atuação gestão, até o momento foi a única que não obteve êxito na negociação salarial. O sindicato reivindica a reposição da inflação, 10,8%, contudo o secretário de educação Bruno Praxedes só ofereceu 4%, justificando queda nos repasses.

O sindicato solicitou do secretário a folha de pagamento para fazer o estudo de impacto nos pagamentos, pois há várias denúncias de excessos de contratos e pagamentos indevidos na SEMED, isso poderia está inviabilizando o reajuste dos professores. Contudo, essas folhas nunca chegaram às mãos dos professores, não há fiscalização nesse sentido.

“O ano passado na gestão de Beto Baia, após ensaiar uma greve, a categoria teve reajuste de 10%, no entanto esse ano a “nova gestão” acenou com apenas 4% e não observamos movimentação nem repúdios da categoria” comentou Adelino Ângelo.

Mediante o exposto, fica claro a falta de transparência nos erários públicos, a falta de fiscalização e a indiferença de uma categoria que deveria ser a mais valorizada de todos os seguimentos.

Como dizia a oposição, é lamentável!

Nenhum comentário: