Páginas

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

A Avenida de União dos Palmares

Lembranças do passado...
Por Joaquim Maria

Avenida Monsenhor Clóvis

Na minha infância, eu me dedicava aos estudos e costumava passar meu tempo livre, na Avenida Monsenhor Clóvis Duarte, principal artéria de União dos Palmares, em companhia dos amigos. Nesse tempo a nossa maior diversão era ficar azarando as meninas que passava por aquele logradouro.

Tudo acontecia ali. Era uma festa um fim de semana na avenida. Quem saía de casa e caso a mãe perguntasse onde o filho ou a filha estava indo, a resposta vinha de imediato: “avenida”. Acho que até hoje é assim.

É um lugar democrático onde as famílias costumavam passear, mas era predominantemente um lugar de jovens. Se você quisesse está por dentro das notícias ou “ser” a mesma, era só frequentar o lugar.

Na avenida encontrávamos pessoas interessantes e frequentadores assíduos, como Messias, mais conhecidos por “papa cachorro”; apelido colocado pelas pessoas, por ele está sempre na companhia desses animais.

Messias, todo mundo em União conhecia. Era sujeito moreno, de estatura mediana, aparentemente sem família, morador de rua, que sofria das “faculdades mentais” e que também frequentava a tão famosa avenida. Ele viva à base de remédios, gargalhando pela cidade, quase sempre sujo, rodeado pelos seus amigos caninos.

Quando Messias passava e alguém gritava “papa cachorro”, logo era abordado pelo furioso sujeito e desafiado à briga. “Tá debochando de mim, cachorrinho?!” Era a mesma indagação. Em alguns momentos, Messias partia para a agressão física com pedras e/ou paus.

Mas mesmo neste momento quando alguém partia pra cima dele, fingindo que iria dá-lhe uma surra; ele se esquivava e saía de fininho; sempre resmungando e dizendo palavras às vezes incompreensíveis. Apesar da zombaria, era tudo muito engraçado.

Depois de muitos anos, não tive mais notícias de Messias, acho até que já faleceu. Mas ele será sempre lembrado pelos moradores da nossa cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR MEDIDA DE SEGURANÇA, NÃO ACEITAMOS COMETÁRIOS ANÔNIMOS.