Páginas

sexta-feira, 18 de março de 2016

Avenida Monsenhor Clovis: um retrato do abandono e do desgoverno

Antes cartão postal, agora cenário de guerra.





A Avenida Monsenhor Clovis Duarte de Barros, a principal Avenida de União dos Palmares encontra-se com a cara de União: “destruída e abandonada”. O espaço foi contemplado com um projeto de iluminação, mas nunca foi concluído. Outra preocupação que o governo tem fechado os olhos são os constantes ricos de vidas que tem passado a população que tem que transitar ao lado de fios de alta tensão descoberto nas calçadas, e agora com um agravante, misturado com águas proveniente das chuvas, fato que aumenta ainda mais o perigo para a população.   


Os bancos de praças também estão parcialmente destruídos, os que restam estão jogados, sem contar com os buracos nas calçadas que tornam inviável o transito de pessoas com deficiência, principalmente os cadeirantes. Na Câmara o vereador Toinho que deveria ser o representante das pessoas com deficiência, entra mudo e sai calado, os governos, hoje Pedrosa, não se pronuncia acerca do assunto, ou melhor, os últimos gestores que passaram por União entram mudos e saem calados. Quem falar em transparência arruma inimigo mortal.


Portanto, está na hora dessas moçadas acabar com a pirotecnia e começar a trabalhar pelo povo, pode começar prestando contas do governo.  


Professor Nivaldo Marinho. Com


Nenhum comentário: