Páginas

terça-feira, 31 de julho de 2018

Pedestres se arriscam ao cruzar faixas de segurança em União dos Palmares


Estudos realizados por nossa produção, apontam que apenas dois em cada dez motoristas dão a vez ao pedestre na faixa se segurança, e onde não há faixa, o pedestre simplesmente não tem vez.


Apos a implantação da SMTT em União dos Palmares, o trânsito teve uma leve melhora, principalmente no centro da cidade. A sinalização asfáltica e as multas aplicadas pelos agentes de trânsito, tem inibido os estacionamentos irregulares, contudo os mesmos tem feito vistas grossas para o não uso de capacete, veículos conduzidos por menores, avanços de sinais, além da falta de respeito com os pedestres, sobretudo nas faixas de segurança.

A pastoral dos idosos foi criada recentemente em União dos Palmares, e já se tem um demanda de reclamações acerca da falta de respeito ao idoso. Os mesmos correm um sério risco de vida diariamente ao atravessar as faixas de seguranças, pois de dez, apenas dois dos condutores de veículos dão a vez ao pedestre. O risco se torna maior nos finais de meses, pois os bancos que pagam os benefícios do INSS,  estão localizados no centro da cidade, tornando maior o fluxo de veículos e de pedestres, sobretudo idosos.

A SMTT informa que não tem guarda suficiente para atender a demanda do município, mas não entendemos porque ficam todos "intuiados" na avenida. Mesmos nos dias movimentados, não percebemos a contribuição dos mesmos em ações que visem contribuir com a locomoção dos das pessoas, sobretudo daquelas que apresentam um necessidade especial, ou carregam o peso da idade.   

Portanto, é preciso nos colocarmos no lugar do outro para sentirmos na pele as necessidades de cada cidadão. Não é preciso estudar leis para respeitarmos o próximo, sobretudo idoso e pessoas com deficiências. É uma questão de consciência.
Afinal, a maior lei do trânsito é a educação.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR MEDIDA DE SEGURANÇA, NÃO ACEITAMOS COMETÁRIOS ANÔNIMOS.