Páginas

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Sessão Ordinária da Câmara Municipal de União dos Palmares - 02/2021

 

11 de janeiro 2021

Início: 19h30minh

Presidida por Sandro Jorge

Vereadores presentes:

  • Almir Belo (MDB)
  • Sandro Jorge (MDB)
  • Thor Vicente (PTB)
  • Nenzinha (PSL)
  • Dé Moto Taxi (PSD)
  • Macarrão da Barra (PSL)
  • Neto Cavalcanti (PSD)
  • Milton do Complementar (PROS)
  • Manoel Messias (PSD)
  • Manoel Preguinho (PSL)
  • Wellington Ferreira (PROS)
  • Ricardo Praxedes (PTB)
  • Marcos Filho (CIDADANIA)
  • Leonardo do Mercadinho (SOLIDARIEDADE)

Vereadores Faltosos:

  • Jailson Vicente (MDB)

Desconto por falta: 900,00

Ata: aprovada sem discussão

Expediente da semana:  

·      Parecer da LOA: Enviado para as comissões

Ordem do dia: Nada planejado

Facultada a palavra:

Ricardo Praxedes

Repudia o reajuste de 12% na tarifa de água do SAAE via decreto do prefeito (26:23)

Fala da falta de respeito com o povo e com o Poder Legislativo e solicita ação dos pares;

Desafia o prefeito e os pares a mostrar os benefícios e investimento do SAAE;

 

Marcos Filho

Oficio solicitando informação acerca da construção do prédio da caixa econômica em União e repudia os descasos no atendimento;

Manoel Messias

Ofício para o SAAE e Poder Executivo pedindo que olhasse com carinho o valor do reajuste da taxa de água e aplicasse o reajuste da inflação, 4,8%;

Neto Cavalcanti

Sugeri que no ofício do SAAE solicitasse a justificativa e estudo técnico para o reajuste;

Explica que a sessão está terminando cedo porque enquanto não aprovar a LOA, os vereadores não podem apresentar requerimento nem indicação;

 

Manoel Balbino

Marca as audiências públicas para apresentar a LOA para quinta, 14 e terça, 19 respectivamente.

 

Término da sessão: 20h30minh

 

 


segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Bastidores da origem do bairro Roberto Correia de Araujo

O bairro nasceu a partir de uma estratégia política de Rubinho 

Foto: União das antigas                              José Pedrosa, Rubinho, Mano e Tonheiro
Em 1975 um fato marcou a eleição para prefeito de União dos Palmares, quando Manoel Gomes de Barros (ARENA) disputou a prefeitura com José Correia Viana (MDB). Mano representava o governo e Viana à oposição.

Entenda a manobra que deu origem ao bairro:
Pesquisas populares revelavam uma certa vantagem para o candidato da oposição, fato de  preocupação para a base governista. Tendo em vista reverter esse quadro, Manoel Gomes investiu no grande comício com a presença do governador Divaldo Suruagy. O local escolhido foi as terras onde hoje está localizado o Parque Vergetão.  

Rubens Holanda e Antonio Aragão eram os locutores e animadores da campanha de Mano, os mesmos já não sabiam mais o que fazer para segurar o povo no comício, pois Suruagy estava na cidade vizinha e devido ao atraso as pessoas estavam indo embora.

Foi então que Rubinho teve uma ideia: Sem titubear, anunciou nos potentes altos falantes amarrados em caibros sob um caminhão, que o governador estava chegando e que ao chegar iria fazer a * doação dos terrenos para o povo presente, e claro, de tabela para quem votasse no candidato do governo. Mano ficou vermelho sem entender a promessa do locutor pois, não tinha conhecimento do fato, no entanto quando o Suruagy chegou,  ficou ciente da situação e acatou a ideia.

Dessa forma foram feitos mais de três mil cadastros, resultando na vitória do ex-governador Manoel Gomes de Barros para prefeito de União dos Palmares.

Portanto, “por merecimento, o bairro Roberto Correia de Araujo deveria ser chamado de Rubens Holanda, pois ele foi responsável pela estratégia política que deu a sua origem”.

* Na época não se configurava crime eleitoral as doações feitas pelos candidatos
   Rubinho também foi o fundador do Ginásio Municipal Mário Gomes de Barros.


Fonte de pesquisa: Antonio Aragão em entrevista ao programa Mesa Z.


O único título




A narrativa de Lucas, demasiadamente conhecida, é impressionante. O filho, que pedira antecipação da herança, dissipou tudo, ficou sem nada, resolveu voltar e o pai deu um banquete por esse regresso, enfrentando a cólera do irmão mais velho, que havia ficado todo o tempo com ele e nunca tivera festa igual.

Pensemos no filho pródigo não no final de sua desventura, quando voltou, e foi abraçado pelo pai, apesar das censuras do irmão. Pensemos nele enquanto estava longe. Quando usou a herança e a dissipou entre as vaidades do mundo e caiu na miséria, na tristeza e na solidão. Como se sentia ele, no íntimo, quando estava no fundo do poço? O que pensava, como a si mesmo se via?

Lá está ele, longe de tudo, longe de casa, longe da segurança e da fartura da família, longe do aconchego. O que ele tem? Não tem mais nada, gastou tudo, estragou, dissipou, desperdiçou. Só lhe restam lembranças. De fato, ele só tem a consciência de que é filho do pai. É seu único bem, seu único título, seu único valor. Não tem boas ações a exibir, não tem vitórias, êxitos, glórias a mostrar. Não tem mais patrimônio, não tem bens, não tem nada. A única coisa que tem é a certeza de que é filho. Pode ser que o pai não o receba, não o reconheça, não reconstitua sua posição – e ele, de fato, não merece. E, sinceramente, nem imagina isso, não sonha com isso. Quer, regressando, ficar apenas como empregado na casa do pai, e isso não estará errado – está na linha do que ele veio aprontando, e ele está conformado com esse destino. Ao decidir voltar, não pode ter certeza de nada, nenhuma esperança. Não pode esperar ser bem acolhido, não se pode imaginar de novo no velho convívio. Apenas volta – e volta mais do que humilde, volta humilhado. Volta envergonhado, volta despedaçado. Muito mais do que arrependido, volta arrasado, destroçado, aniquilado. Mas volta porque é filho, embora confesse sinceramente saber que “já não sou digno de ser chamado teu filho”; dentro de si mesmo, está reconhecendo: “teu filho que não merece nada, não merece teu perdão, nem tua generosidade, nem tua acolhida, nem sequer teu nome”. Pede para ser tratado apenas como um empregado do pai, um dos mercenários dele.

No fundo, o único título que ele tem é o de ser filho daquele pai. É por isto que pede para ficar como empregado, não por conta de sua competência ou de suas habilidades. É por conta de sua condição de filho que pede o emprego. No fim de contas, é assim que se apresenta, com este único título. E o que não diz, mas está subentendido, é que, como filho, ama o pai.

E o pai – contra talvez a justiça, contra talvez a boa ordem, contra talvez a correta retribuição das coisas (como o filho fiel, o mais velho, dirá, reclamando) – o abraça, não apenas porque é generoso mas porque está sumamente feliz. E os dois intensamente choram. Choram de dor e de felicidade.

(Pode ser que este seja o único título com que muitos de nós nos apresentaremos um dia diante d'Ele: o de sermos seus filhos).

*      José Luiz Delgado
Professor de Direito da UFPE
*      Fonte: Diário de Pernambuco


domingo, 10 de janeiro de 2021

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Sessão Ordinária da Câmara Municipal de União dos Palmares 04 de janeiro 2021

 


Sessão 01/2021

Início: 19h30minh

Presidida por Sandro Jorge

Vereadores presentes:

  • Almir Belo (MDB)
  • Sandro Jorge (MDB)
  • Thor Vicente (PTB)
  • Jailson Vicente (MDB)
  • Nenzinha (PSL)
  • Dé Moto Taxi (PSD)
  • Macarrão da Barra (PSL)
  • Neto Cavalcanti (PSD)
  • Milton do Complementar (PROS)
  • Manoel Messias (PSD)
  • Manoel Preguinho (PSL)
  • Wellington Ferreira (PROS)
  • Ricardo Praxedes (PTB)
  • Marcos Filho (CIDADANIA)
  • Leonardo do Mercadinho (SOLIDARIEDADE)

Desconto por falta: 0,00

Ata: não tem

Expediente da semana:  

·        Formação das Comissões da Câmara

 

COMISSÃO PERMANENTE DE LEGISLAÇÃO, JUSTIÇA E REDAÇÃO FINAL

PRESIDENTE: Wellington Ferreira Silva
RELATOR: Jailson Vicente de Melo
MEMBRO: Manoel Messias

COMISSÃO PERMANENTE DE FINANÇAS E ORÇAMENTOS

PRESIDENTE: Manoel Balbino  - Dé mototáxi

RELATOR: Givanildo Gomes da Silva - Nenzinha

MEMBRO: Almir Belo

 

COMISSÃO PERMANENTE DE EDUCAÇÃO, CULTURA E SAÚDE

PRESIDENTE: Carlo Correia - Macarrão
RELATOR: Paulo Neto
MEMBRO: Ricardo Praxedes

COMISSÃO PERMANENTE DE OBRAS E SERVIÇOS PÚBLICOS

PRESIDENTE: Manoel da Silva - Preguinho
RELATOR: Marcos Correia

MEMBRO: Givanildo Vicente Melo

 

COMISSÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DEFESA DO CIDADÃO

PRESIDENTE: José Leonardo
RELATOR: Givanildo Gomes da Silva - Nenzinha
MEMBRO: Edmilton Rodrigues da Silva

 

·        Apresentação do LOA 2021:

·        Receita: 258.867.388,00

·        Autorização de crédito suplementar e remanejo: 30%

 

Ordem do dia: Nada planejado

Facultada a palavra:

Todos os vereadores, exceto Almir Belo (entrou mudo e saiu calado), agradeceram os votos e não cobraram nada do governo;

Dizem que aguardam os projetos do executivo

Neto: (40h20minmin) Fala da formação da câmara com ex-vereadores e secretários

Término da sessão: 20h30minh

 


terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Sessão Ordinária da Câmara Municipal de União dos Palmares 21/2020

 



21 de dezembro 2020

Início: 19h30minh

Presidida por Alan Elvis

Falta: Caju, Bruno, Ricardo e jailson

Valor do dia que deveria ser desconto mediante faltas: 3.600,00

Valor acumulado em falta referente 2020 (aproximado): R$ 43.200,00

ATA: omitida pela 4ª vez

Expediente da semana:  

Ofício da SEMED informando que todos os motoristas de transporte escolar recebem seus recursos, mesmo sem fazer a rota;

Ofício do Poder Executivo solicitando a devolução do projeto de lei que visa fazer a fusão de algumas secretarias e criar o super gabinete para o vice;

Alan Elvis informa que o pediram pra tirar as secretarias e o gabinete do vice prefeito;

Projeto de lei que propõe fusão de secretarias e retira o super gabinete do vice;

Devolvido, pois não está de acordo com a mensagem;

Projeto de lei 012/2020 do Poder Executivo que altera a lei 1378/19 municipal e cria o conselho municipal da pessoa com deficiência;

Projeto de lei 017/2020 do Poder Executivo que altera os tributos municipais

Fica o poder executivo autorizado a fazer convenio com o SAAE a fim de cobrar tarifa de coleta e recolhimento de resíduos sólido urbano (1:10min)

Projeto de lei 015/2020 do Poder Executivo que cria o fundo especial da procuradoria do município FEPM

Projeto de lei 016/2020 do Poder Executivo que institui o programa de adoção de praças públicas esportes e áreas verdes; (1:26min)

Aprovado – votos: (1:46min)

Lei Orçamentária Anual – LOA/2020: 258.867.388,00

Fica o prefeito autorizado a fazer crédito suplementar até o limite de 30%

 

 

 

Ordem do dia: Nada planejado

Facultada a palavra:

Ailton Tenório

Agradece os pares, pede orações e fala das tribulações que tem tido com a família;

Neto Cavalcanti

Agradece e parabeniza os pares e fala de quem está nas rádios por traz do microfone e esquece que vereador tem família;

Sandro Jorge

Parabeniza os pares e a oposição falar dos vereadores que aprovam projetos;

Manoel Messias

Parabeniza os pares e conforta Tenório;

Cícero Aureliano

Faz um balanço do mandato

 

Término da sessão: 22h40minh

 

 

 

 


sábado, 19 de dezembro de 2020

Presente de grego: Vereadores de União deverão aprovar nessa segunda feira projeto que cria tarifa de recolhimento de resíduos sólidos

 Tarifa deverá ser agregada ao boleto do SAAE.



Após aprovação da taxa de esgoto, os vereadores de União deverão obedecer ao “chefe KIL” e aprovar super gabinete para o vice-prefeito, além de projeto que visa à criação da tarifa de recolhimento de resíduo sólido em União dos Palmares.  

Além desses projetos, haveria a aprovação também de 90% do salário do vice-prefeito, 33% do prefeito e 100% dos secretários, você deve está pensando, e os servidores? É resposta é ZERO.  Contudo o decreto assinado no inicio da pandemia pelo presidente Bolsonaro não permiti que haja aumento até dezembro de 2021.

Esse deverá ser o ultimo ato desses legisladores, que em regime de urgência e de subserviência darão o presente de grego para os palmarinos.

O vereador Bruno Lopes se pronunciou contrário a aprovação, todavia segunda feira veremos sua  atuação e a dos demais parlamentares.  

É parlamentar ou pra lamentar?

Nascemos para ser livres, não se deixem escravizar!


quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Portal da Transparencia: prefeitura de União recebeu mais de dois milhoes no mês de nov/2020, para pavimentar e drenar ruas.

Onde e como foi aplicado??? Com a palavra, gestores  e vereadores...


Olá Nivaldo José Vieira Marinho,

Você está recebendo esta mensagem porque se cadastrou no Portal da Transparência para receber informações sobre liberações de recursos dos convênios de um município específico. O objetivo da divulgação desses dados é ampliar a transparência pública e estimular a participação e o controle social.
Os convênios do município UNIÃO DOS PALMARES/AL que receberam liberações estão relacionados abaixo:

--------------------------------------------------------------------------------

Número Convênio: 35330/2014

Objeto: Pavimentacao e Drenagem de Diversas Ruas no Municipio.

Órgão Superior: Ministério do Desenvolvimento Regional

Convenente: MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES

Valor Total: 1.432.650,00

Data da Última Liberação: 27/11/2020

Valor da Última Liberação: 966.179,11

--------------------------------------------------------------------------------

Número Convênio: 49249/2013

Objeto: Urbanizacao da Orla do Rio Mundau

Órgão Superior: Ministério do Turismo

Convenente: MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES

Valor Total: 1.950.000,00

Data da Última Liberação: 27/11/2020

Valor da Última Liberação: 448.501,45

--------------------------------------------------------------------------------

Número Convênio: 14551/2017

Objeto: APOIO A PROJETO DE INFRAESTRUTURA TURISTICA - Pavimentacao do Acesso a Serra da Barriga no Municipio de Uniao dos Palmares/AL.

Órgão Superior: Ministério do Turismo

Convenente: MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES

Valor Total: 3.695.250,00

Data da Última Liberação: 27/11/2020

Valor da Última Liberação: 739.050,00

 

 

Número Convênio: 12289/2016

Objeto: Pavimentacao e Drenagem no municipio de Uniao dos Palmares-AL.

Órgão Superior: Ministério do Desenvolvimento Regional

Convenente: MUNICIPIO DE UNIAO DOS PALMARES

Valor Total: 1.976.600,00

Data da Última Liberação: 20/11/2020

Valor da Última Liberação: 38.544,00

 

Atenciosamente,


Equipe do Portal da Transparência - CGU
http://www.portaldatransparencia.gov.br