Páginas

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Intervenção do Ministério Público deverá garantir acessibilidade em União dos Palmares

A principal Avenida de União, Monsenhor Clóvis encontra-se com as calçadas totalmente obstruídas.  A situação se agrava para os cadeirantes e idosos, pois têm que transitar na rua dividindo o espaço como os automóveis.    

Avenida Monsenhor Clóvis

Transitar pelas ruas de União dos Palmares com veículo não é tarefa fácil, contudo mais difícil ainda é usar as calçadas mediante os obstáculos encontrados. São dezenas de pequenos comércios ambulantes que se apropriam do local sem nenhuma fiscalização, tomando o lugar dos pedestres e excluindo o passeio dos cadeirantes.

A prefeitura faz vistas grossas e se omite diante o problema, sobretudo em ano de eleição, pois temem perder  votos dos ocupantes. Essa prática é antiga, com exceção do prefeito Afrânio Vegette, todos que passaram se acovardaram, é preferido negar a qualidade de vida à população e pousar de “bom moço” em tempo de campanha, pessoas pobres de espírito.

A câmara municipal, que poderia intervir junto ao Poder Executivo, perdeu o quórum e as forças, talvez até a razão de existir, pois não consegue resolver nada.  Contudo Manoel Simeão, presidente licenciado da ADEFUP deverá solicitar intervenção do Ministério Público, caso o prefeito interino não tome as medidas cabíveis para desobstruir as calçadas e vias públicas. O plano diretor do município parece não ter serventia, p mesmo se venceu esse ano e ninguém tomou conhecimento do assunto. O único plano que se discuti no governo é como conseguir a reeleição.

Como dizia a oposição nos programas de rádio, É LAMENTÁVELLL. Enquanto isso o povo está em silêncio só esperando o apito das urnas para mostrar o tamanho de sua indignação, sem maquiagem.

Nenhum comentário: