Páginas

terça-feira, 17 de maio de 2016

Advertência: Servidores da educação cruzam os braços nessa quarta feita

Professores não aceitam o reajuste mínimo de 4%, excesso de contratados pode está inviabilizando o reajuste, repudia o sindicato.


Sem obter êxito na negociação salarial com o secretário de educação, Bruno Praxedes, os servidores da educação cruzaram os braços nessa quarta feira, 18, em advertência ao descaso com a educação no município de União. A categoria é a mais desvalorizada na gestão do governo Pedrosa e Praxedes. Enquanto os demais servidores receberam 10% de reajuste, a educação poderá receber apenas 4%.

Portanto, enquanto a secretária de educação for tratada como moeda de troca, a tendência é continuar de mal a pior, colecionando os piores índices do IDEB, servindo de chacota para o mundo, mediante a falta de transparência nos erários.

Como dizia a moçada quando tinha oposição, É LAMENTÁVEL!!!!

Nenhum comentário: